Esportes aquáticos: uma excelente opção sem impacto.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Um dos maiores problemas dos treinos na terceira idade, principalmente para aquelas pessoas que nunca treinaram antes, é a dor, que traz a dificuldade de realizar alguns movimentos. No Brasil, a prevalência da artrite reumatóide, por exemplo, é estimada em 0,5 a 1% da população.

Essas dores podem ser geradas por diversos fatores, como o excesso de peso, algum traumatismo, desgaste natural da articulação, como é o caso da artrite, o acúmulo de alguma substância tóxica, como é o caso da Gota (doença causada pelo acúmulo de ácido úrico em articulações), ou inflamações, como a Epicondilite, que é uma inflamação dos músculos extensores do punho principalmente devido à realização de esforço repetitivo, a bursite, que corresponde à inflamação de um tecido que se encontra no interior da articulação do ombro, a bursa synovial e a tendinite, uma inflamação do tendão, que é a estrutura que liga os músculos aos ossos.

Qualquer uma dessas condições requer o acompanhamento de um médico e um fisioterapeuta, sendo necessário, dependendo da severidade, o uso de medicamentos como anti-inflamatórios, ou até mesmo uma intervenção cirúrgica.
Exercícios realizados na piscina com água quente (30°C), como a hidroginástica, proporcionam um efeito analgésico para músculos e articulações doloridas. Além disso, a flutuabilidade do ambiente aquático reduz a carga sobre as articulações, aumenta a possibilidade dos movimentos livres de dor e fornece resistência para o fortalecimento dos grupos musculares que circundam as articulações. A capacidade de realizar padrões de movimento que não são submetidos à gravidade em terra pode ser física e psicologicamente compensadora. A postura correta pode ser mantida com suporte da água. Essa reeducação postural fornece feedback proprioceptivo positivo ao atleta e permite posicionamento apropriado para movimentos das extremidades.
Outro exercício indicado para quem tem esse tipo de problema e, principalmente para quem está buscando um melhor condicionamento cardio-respiratório é a natação, pois também trabalha o corpo inteiro e sem impacto.
Alguns cuidados devem ser levados em consideração. Se feito de forma brusca, intensa ou por um tempo prolongado, movimentos repetitivos, mesmo na água, podem desencadear dores ou até agravar as lesões existentes.

Bons treinos

Você também pode gostar de: