Agora

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Chegou a hora do
Verdadeiro agora.
Avisos pré anunciados
Nunca foram escutados.
Hoje como coitados
Vivemos nas sombras,
Fugindo da luz e
Presos aos medos
Do isolamento.
Que se ousarmos
Na desobediência
Devido a mentes turvas
Nascidas na ignorância,
Na miséria que arde na carne
Leva pais, filhos e mães
À possibilidade de sofrimentos
Marcados por fatalidades
Que esfacelam famílias que
Perdem seus entes queridos.
Eis aí a fatura que se apresenta
Que provavelmente
Será encaminhada ao protesto.

Você também pode gostar de: