Equilíbrio

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

O equilíbrio e a coordenação motora são habilidades que se perdem com o passar da idade e, quanto mais atenção e cuidado, maior a chance de autonomia para o idoso. O simples ato de se manter de pé, sem cambalear, já ilustra bem a importância do equilíbrio.

No entanto, a importância do equilíbrio vai muito além de apenas deixar o corpo em pé. Por exemplo: um corpo que tem bom equilíbrio diminui as chances de fraturas ósseas ou hematomas por cair menos vezes. Além disso, quando é devidamente treinado, ele também fortalece os músculos – e, assim, os movimentos corporais ficam ainda mais precisos, tanto para praticar atividades físicas quanto para executar tarefas simples do dia a dia.

Para mantermos o equilíbrio, a coluna tem que estar bem alinhada e firme. Um músculo muito ativo é o reto abdominal. Ou seja, ter um abdômen ativo, firme, sem tensão, ou rigidez é essencial para a manutenção de uma postura corporal correta. Outros músculos muito importantes para manter o equilíbrio são o glúteo mínimo e o tensor da fascia lata, Praticar exercícios em pé, com apoio numa só perna, melhora as funções destes músculos, o que vai melhorar o equilíbrio em si, bem como outras funções em que eles estão também muito envolvidos, como caminhar.

O pilates é uma das atividades mais praticadas atualmente. Tem como objetivo fortalecer a musculatura estabilizadora profunda do abdômen, promover mobilidade para as articulações, reeducação do movimento, consciência corporal, melhora da postura e músculos mais saudáveis (alongados e tonificados). É uma técnica de reeducação do movimento que visa trabalhar o corpo todo, trazendo equilíbrio muscular e mental.

A Yoga, é direcionada ao fortalecimento dos grandes grupos musculares, focando na respiração, proporcionando flexibilidade articular, alongamento e relaxamento muscular, além de concentração e um ritmo cardíaco constante.

Muito mais do que respiração, a concentração e o equilíbrio também são trabalhados na meditação. Seja em casa ou ar livre, o importante é conseguir esvaziar a mente dos maus pensamentos e focar em você. A prática ajuda a olhar a vida através de uma nova perspectiva, além de possibilitar uma paz interior, necessária para uma vida plena e feliz

A Calistenia trabalha força e resistência muscular com o peso do próprio corpo, não sendo necessário usar equipamentos de academia. Além de aumentar a força, resistência e consciência corporal, a calistenia aumenta a flexibilidade e a mobilidade. Por isso, as técnicas da calistenia são incorporadas em algumas modalidades esportivas.

A ginástica rítmica feita sem aparelhos é um esporte em que as pessoas devem executar uma série que combina elementos corporais e de dança. Por proporcionar grande ênfase aos movimentos e desenvolvimento do corpo integralmente, permite, ao longo de sua prática, aperfeiçoar o equilíbrio e melhorar noções de ritmo, já que envolve ginástica e dança, trabalhando também a mente de quem a pratica.

Treinos com halteres e treinamentos funcionais também são uma excelente opção. E então, já escolheu a seu?

Bons treinos

Você também pode gostar de: