VACINAÇÃO: Cuidado com fraude

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

É muito importante você ser vacinado o mais rápido possível assim que uma vacina estiver disponível, porém é muito importante tomar cuidado com espertalhões e mentirosos que frequentam as redes sociais.
Em São Paulo, os grupos prioritários e as datas de vacinação já foram divulgados.
Nos demais Estados existem duas situacoes:
Estados que negociam com o Estado de São Paulo a compra de vacinas: se o seu Estado está nesta situação fique atento pois as autoridades sanitárias devem divulgar as datas nos próximos dias.
Estados que aguardam a vacina testada pelo Governo Federal na Fiocruz: Não há qualquer previsão de data, embora tenha sido apresentado o Plano Nacional de Vacinação divulgando as pessoas prioritárias.
Um ponto muito importante é que será usada a rede pública de vacinação e A VACINA SERÁ GRATUITA.


ATENCAO:
a) Não está prevista a vacinação na rede privada de saúde.
b) Você também não precisa pagar absolutamente nada para ter seu nome incluído em qualquer tipo de lista de vacinação. EM HIPÓTESE ALGUMA PAGUE ALGUMA COISA PARA ÁGUEM QUE LHE OFEREÇA ACESSO A VACINA.
c) não acredite em telefonemas lhe indicando para comparecer em determinado local para ser vacinado. Se isto acontecer informe imediatamente a autoridade policial de sua residência.
d) Nenhuma autoridade irá telefonar lhe solicitando o número de seu CPF ou do benefício da Previdência Social. Você deverá se identificar diretamente no local de vacinação.
e) não acredite em ninguém que lhe ofereça um tratamento alternativo para o coronavírus. Isto não existe no momento.
Uma coisa que poderá acontecer é o “Turismo de vacinação” pois em São Paulo poderá ser vacinada qualquer pessoa do grupo prioritário independente do local de residência.
Se você for convidado para participar de algum desses grupos, procure se informar se você está entre as pessoas definidas como prioritárias pelo Estado e dentro do período de tempo definido pelas autoridades sanitárias estaduais.
Verifique também se o Governo do seu Estado não negociou com o Estado de São Paulo e você poderá brevemente ser vacinado sem participar deste “turismo da vacina”.


MUITO CUIDADO COM FRAUDES. Os espertalhões são mais desonestos ainda nos períodos de crise.
Em caso de dúvida, não tenha vergonha de telefonar para a autoridade sanitária ou policial de sua residência.
Os governos estaduais estão fortemente comprometido em preservar sua saúde. Acredite mas autoridades.

Você também pode gostar de: