Parque de Diversões

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Cenas de uma noite de sábado, num certo bairro de Santo André, exatamente num parque de diversões com serviços de alto-falante. 

Os rapazes conversam em grupinhos enquanto as garotas passeiam de mãos dadas comendo algodão doce ou maçã do amor.

Luiz vai até o serviço de alto falante e minutos depois todo o parque ouve esta declaração irradiada em meio a anúncios comerciais.

— Atenção: — O rapaz trajando uma calça rancheira US Top, camisa xadrez amarela e com bigodinho preto, encostado ao lado da Roda Gigante perto do Dancing — dedica a próxima música para a menina morena, vestindo saia azul marinho, fita no cabelo, comendo algodão doce e que circula de braços dados com a Tianinha da Dona Dita — como prova de amor, profunda amizade e sério compromisso —.

Assim Luiz começava a paquerar a menina Margarida no longínquo ano de 1967. 

A música que se ouviu então era do conjunto The Animals – intitulada: The House of the Rising Sun. 

Porque não matar hoje as saudades daquele dia? 

Você também pode gostar de: