Como as pessoas de mais idade podem começar a se exercitar

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Decidir se tornar fisicamente ativo é uma das melhores atitudesque você pode tomar pelo seu bem-estar. Exercício e atividade física não são apenas excelentes para sua saúde mental e física, mas podem ajudar a mantê-lo independente à medida que o tempo passa. Agora, vamos falar sobre como começar.

• Qual a quantidade de exercício físico ideal para uma pessoa de mais idade?
• Como as pessoas de mais idade podem começar a se exercitar
• 3 perguntas que devem ser feitas ao seu médico antes iniciar os exercícios
• Como definir os seus objetivos

Qual a quantidade de exercício físico ideal?
De acordo com as diretrizes do Colégio Americano de Medicina do Esporte (ACSM), você deve fazer pelo menos 150 minutos (ou 2h30min) por semana de exercícios aeróbicos de intensidade moderada, por exemplo uma caminhada rápida ou uma dança rápida. Você pode identificar um exercício como moderadoquando ainda é possível conversar enquanto realiza, mas não é possível cantar uma música. O ideal seria dividir esses 150 minutos em 3 sessões de 50 minutos por semana, porém se conseguir 1 ou 2 já é uma grande conquista para os iniciantes!

Você também deve realizar exercícios de fortalecimento muscular, a famosa musculação, pelo menos 2 dias na semana. As diretrizes também recomendam que, como parte da sua rotina semanal de exercícios, você combine o trabalho das demais capacidades físicas. Por exemplo, exercícios que exijam equilíbrio e agilidade, associados aos exercícios aeróbicos e de fortalecimento. Se você já é do time dos treinados e preferir exercícios aeróbicos de intensidade vigorosa (como correr), a sua meta é alcançar pelo menos 75 minutos por semana

Como as pessoas de mais idade podem começar a se exercitar
Exercício e atividade física são ótimos para sua saúde mental e física e ajudam a mantê-lo independente à medida que envelhece. A seguir, vou apresentar alguns pontos que você deve ter em mente ao começar a se exercitar. Primeiro, procure um PROFISSIONAL DE EDUCAÇÃO FÍSICA. A chave para ter sucesso e segurança ao iniciar uma rotina de exercícios físicos é ter o acompanhamento de um profissional qualificado, só ele será capaz de ajustar a intensidade e o volume dos exercícios a sua condição física atual, seja você iniciante ou experiente. Em seguida, algumas outras atitudes podem ser tomadas para garantir a segurança e reduzir o risco de lesões: (1) Preste atenção ao local quando for se exercitar ao ar livre; (2) Mantenha-se hidratado antes, durante e após a sessão de treino; (3) Use roupas e sapatos adequados para a sua atividade; (4) se você tiver condições de saúde específicas, converse com seu médico e só inicie após a liberação.

3 perguntas que devem ser feitas ao seu médico antes iniciar os exercícios
Se você está planejando adicionar exercícios à sua rotina diária ou aumentar significativamente o seu nível de atividade, faça uma avaliação médica e só inicie após a liberação. A seguir, 3 perguntas que devem ser feitas durante a consulta:

(1) Existem exercícios ou atividades que eu devo evitar? O seu médico pode fazer recomendações com base no seu histórico de saúde, tendo em mente quaisquer cirurgias recentes ou condições de saúde em andamento, como artrite, diabetes ou doença cardíaca. Este seria um ótimo momento para verificar com seu médico quaisquer sintomas inexplicáveis que você esteja sentindo, como dor ou pressão no peito, dor nas articulações, tontura ou falta de ar. O seu médico pode recomendar o adiamento do exercício até que o problema seja diagnosticado e tratado;

(2) Meus exames estão atualizados? O seu médico pode dizer se há algum teste que você possa precisar. Por exemplo, mulheres acima de 65 anos devem ser verificadas regularmente quanto à osteoporose;

(3) Como minha condição de saúde afeta minha capacidade de me exercitar? Algumas condições de saúde podem afetar sua rotina de exercícios. Por exemplo, pessoas com artrite podem precisar evitar alguns tipos de atividade, especialmente quando as articulações estão inchadas ou inflamadas. As pessoas com diabetes podem precisar ajustar sua programação diária, plano de refeições ou medicamentos ao planejar suas atividades. Seu médico pode conversar com você sobre quaisquer ajustes necessários para garantir que você aproveite ao máximo sua nova rotina de exercícios.

Como definir os seus objetivos
Para muitas pessoas ter um objetivo claro em mente as motiva a seguir em frente em um projeto. Entretanto, é importante que os objetivos sejam específicos, realistas e importantes para você. Certifique-se de revisar suas metas regularmente à medida que avança ou suas prioridades mudam. Outro ponto importante é definir metas de curto e longo prazo. Os objetivos de curto prazo ajudarão você a incluir os exercícios como parte regular da sua rotina diária. Para esses objetivos, pense nas coisas que você precisa obter ou fazer para ser fisicamente ativo. Após estabelecer suas metas de curto prazo, você pode identificar suas metas de longo prazo. Pense onde você quer estar daqui a 6 meses, 1 ano ou 2 anos. Metas de longo prazo também deve ser realistas, pessoais e importantes para você.

Por exemplo, em 6 meses terei minha pressão arterial controlada e diminuirei o uso de medicamentos. Algumas pessoas acreditam que colocar no papel o plano de exercícios e atividades ajuda a manter a promessa de estar ativo. Se você optar por fazer um plano, verifique se o plano é realista para você, especialmente à medida que ganha experiência em como ser ativo. Você pode até fazer um contrato com um amigo ou membro da família e colocar no seu plano. Envolver outra pessoa pode ajudá-lo a manter seu compromisso!

Bons treinos! Nos vemos semana que vem!

Você também pode gostar de: